terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Assombração espreitando na janela

Certa tarde, estava deitada no sofá de minha casa lendo após terminar as obrigações do dia. Meu marido ainda não havia chegado e meu cachorro estava deitado no sofá da sala. Tudo na maior tranquilidade.
De repente, o cachorro que estava quieto começou a rosnar baixinho. Senti um arrepio na espinha. O cachorro caminhou abaixado até a porta da sala e ficou encarando a janela da cozinha.
Meu coração pulava no peito. Coloquei o livro sobre a mesa de centro e fui até a janela da sala. Afastei um pouco a cortina e olhei para o quintal, em direção a janela da cozinha.
Quase cai naquela hora. Vi um ser meio encurvado, segurando os cabelos mal pintados, espreitando pela janela da minha casa. Continuei quieta, só observando.
O Ser foi até a porta e tentou girar a maçaneta. A porta estava trancada (eu havia aprendido pelo menos uma liçao rsrs). O ser frustrado fungou, olhou mais uma vez pela janela da cozinha e desceu as escadas de volta ao seu submundo. Qual não foi minha surpresa (desagradável) ao notar que o ser que espreitou minha janela era minha adorada sogra!
Quando meu marido chegou, contei a ele essa história de terror. Sabe como é... ele não disse nada.
Depois desse acontecido, notei que toda vez que estava dormindo pela manhã, um rosto redondo com olhos arregalados me espreitava pela janela do quarto. Por coincidência, depois de uns minutos, os chinelos começavam a se arrastar no quintal, as vassouras começavam a bater na parede e minha sogra dava uma de louca, conversando ALTO com ela mesma no quintal. As vezes a maçaneta da minha casa girava, as vezes o meu portão se abria... Quando ela já não aguentava mais, batia na janela e perguntava: Está doente? Deitada até agora!

5 comentários:

Adriana a Faladeira disse...

Hahahaha, adorei!! Sabe, a minha cadelinha também não gosta da minha sogra e da minha cunhada. Elas sentem as energias negativas kkk.
Bjs
Adriana
agoraumpoucodetudo.blogspot.com

Anônimo disse...

Kkkkkk, muito bom.
Até os animais sentem quando o clima pesa no ar.

Anônimo disse...

Ter uma sogra é identico a uma historia de horror. Gostei!!!!

Anônimo disse...

Não tenho sogra, mas meu sogro acho que vale por duas...nossa como enche o saco

Anônimo disse...

É verdade, cachorro sente mesmo quem não presta rsrs. O Meu já me alertou várias vezes da aproximação da Naja. Obrigada pelos comentários!
ASS: A NORA!!!

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates