sexta-feira, 12 de agosto de 2016

A encomenda

Minha sogra não se cansa de aprontar as delas e o pior é que a naja é sempre original. Quando penso que ela já fez de tudo a querida naja inova e me surpreende!

Soube pelo filho que iniciei um negócio via internet de vendas de artigos artesanais e a querida naja fez questão de vir pessoalmente fazer uma generosa encomenda.
Nesse dia, ela também não economizou nas pérolas.
Chegou já perguntando sobre a loja, soltando suas terríveis frases de mulher gananciosa:
"Ta vendendo?"
"Dá lucro?"
"Ah, como é bom ficar só costurando em casa, sem ter que se matar de trabalhar fora como eu."
"Vou querer dois produtos para daqui uma semana." Ela soltou e foi embora. Mas quando a esmola é demais a nora desconfia e decidi não fazer a encomenda da velha.
Não se passou três dias a naja ligou.
"Ah, não vou querer mais a encomenda. Você já fez? Tem problema?"

Eu respondo:

Já fiz querida, coloquei na sua caixa de correios, dá uma olhada lá!

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Elvira, a rainha das trevas

Apesar de já haver mencionado esses trágicos incidentes acho que merecem um destaque especial, já que são tão horripilantes quanto os outros. Mais uma história de terror escrita pela naja! Mencionei esse incidente em: http://infernodanora.blogspot.com.br/2016/04/ensaio-sobre-cegueira.html Era um dia comum de verão, estava lavando minhas roupas e cuidando da minha vida. Nessa época (infelizmente) morava no quintal da minha querida sogra e vivia pisando em ovos com ela. Lá estava eu, de mangas arregaçadas, esfregando minhas roupas no tanque quando toca a campainha da casa da estimadíssima naja. Fingi que não ouvi e continuei tomando conta da minha vida. Ouvi a naja limpando a casa, então sabia que ela estava para atender o portão. Como ela não aparecia, decidi descer para atender a visita, mas eis que ela surge e, para o espanto geral da nação, estava com um vestido branco transparente e dois mamilos enormes apontando para o chão. O homem que estava no portão n]ao sabia se olhava para os olhos na cara dela ou os olhos do peito, evidentemente constrangido. A sem noção parece que nem percebeu (ou nem ligou) para aquele farolete cegando o pobre rapaz. Ela usa esse vestido sem sutiã até hoje, então cheguei a seguinte conclusão: Ou ela não tem amigos ou só tem inimigos porque ninguém nunca chegou nela e disse: "Virou a globeleza pra desfilar pelada?" rs

terça-feira, 26 de julho de 2016

Sinais de um futuro problemático

A melhor maneira de evitar conflitos com a sogra é aprender a ler os "sinais" que ela irá passar durante o namoro. (Se for uma Naja irá passar muitos sinais!)
Vou colocar os sinais de acordo com minha triste experiencia:

Fique atenta se:
*Ela dá pequenas 'alfinetadas' durante as conversas (treinando para te insultar no futuro)

*Parece uma corujas, vigiando seu namorado e você ou entrando sem bater quando estiverem sozinhos (Medo do 'golpe da barriga' rsrs)
*Se vocês estão vendo um filme, ela senta e quer saber que filme é (Quer saber se estavam mesmo vendo o filme!)
* Te compara com a EX do seu namorado (Fulana fazia isso, fazia aquilo e você não...)
* Te deixa constrangida na frente dos outros (ex: "Foram mesmo no cimema ou estavam em outro lugar..." e dá sua gargalhada de bruxa)
* Quando vocês saem para comprar algo para comer, ela pede. (ex: Antes de sairem ela diz: Eu também quero um lanche! Mas não dá um centavo. Quando voltam: Porque não me falaram que iam comprar lanches? Eu também queria um!)

A familia da Naja também pode ser problema quando:
* Comentam algo sobre você com os outros (Fulano veio contar que o sogro acha que você é pobre e quer dar o golpe do baú. rsrs Acho que ele quis dizer 'dar o golpe no cofrinho' rsrs)
* Nora ou cunhado folgados (exploram o pobre coitado do banana até a casca!)
* A "familia" faz questão de manter contato com a EX (tadinha, tão boazinha!)
* Fazem questão de avisar na sua frente que a EX fez uma visita ou mandou um cartão!
Mais sinais que esses somente um semáforo. Pena que na época eu estava cega, achando que tudo isso passaria.
Hoje eu teria colocado cada fulaninho em seu lugar e não teria sido tão simpática, relevando tudo que me faziam.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Disco riscado

Era uma bela tarde de sábado, até a campainha tocar. Meu coração deu um salto, já sabia quem era antes mesmo de atender. Espio pelo olho mágico e vejo a peruca laranja que minha sogra gosta de chamar de cabelo e não tenho outra alternativa, além de abrir a porta.
Deixo aquele encosto entrar em minha casa, ela se senta no sofá e, sem nem dar boa tarde, começa a destilar seu veneno.
- Nossa, hoje fiquei pensando no meu filho, coitado.
Lá vem essa naja com esse papinho...
Não dei bola, fingi que não ouvi sua voz irritante.
- Tadinho do meu filho, foi la em casa hoje tão preocupado. Sentou no meu sofá tristinho, perguntei o que ele tinha e ele disse que está preocupado com as contas, agora que vocês se mudaram pra casa nova.
Já me senti tremula de raiva, pois sabia onde essa história ia acabar.
- Pagar as contas da casa sozinho é muita coisa pra ele, coitado.
Pensei em pegar o banana depois e amassar com casca e tudo. Como ele ousava ir no covil chorar? Ele sabia que ela ia jogar isso na minha cara.
Não aguentando mais, respondi de uma só vez:
- Ele não estava preocupado. - respondi. - Estava só cansado de ouvir a senhora falar em dinheiro!


terça-feira, 3 de maio de 2016

Banana... (de pijama!)

Vale a pena ter ao lado um marido sem atitude?


Sábado, todos reunidos na casa da naja.
Eis que ela se faz manifestar:
-Filho, tá difícil pagar as contas sozinho? - Ela pergunta e eu já sei que rumo essa história vai tomar. Já vou me preparando na minha cadeira.
- Não, mãe. - Responde o banana e trata de se ocupar com a tv, para depois dizer que não ouviu o que sua querida mãe me disse.
- Ah. - Ela continua, olhando para mim dessa vez.- o que você achou da nova namorada do B2? (b2 é o irmão do banana1)
- Legal.
- Essa mocinha sim é boa, com seu carrinho, empreguinho e todo mês com seu dinheirinho. Independente ela, não é?!
-Sim. - Digo, sentindo meu sangue ferver.
- É muito bom ter nosso dinheirinho.

VOU COMPRAR UM BANCO IMOBILIÁRIO PARA ELA DE PRESENTE, ASSIM ELA VAI TER UM MONTE DE DINHEIRINHO. VELHA LINGUARUDA!

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Minha sogra tem dois empregos!

Mais uma visita da naja, mais uma pérola. E essa é uma das boas!


- Fiz entrevista ontem. - Ela diz do nada. 
- Entrevista? -Pergunto com uma careta.
- Sim, na cacau show.
- Pra que? 
- Trabalhar, não gosto de ficar parada, preciso ganhar um dinheirinho. (Parece que morre de fome essa P***)
O quê minha sogra tem em comum com o Julios, pai do Cris da série "Todo mundo odeia o cris?"

DOIS EMPREGOS!!!

terça-feira, 26 de abril de 2016

A história dos móveis...

Nossa, essa historia sim deu muito pano pra manga.
Imagine a situação: Você de casa nova, querendo renovar seus móveis chinfrim, ai se mete sua querida sogra, insistindo que você leve uma cristaleira mais antiga que a minha vó que ela não quer mais, mas também não quer doar.
Veio essa naja medindo o espaço pra saber se a cristaleira caberia no lugar onde ela QUERIA COLOCAR. Detalhe: onde ela queria colocar na minha casa!
Eu disse que já havia comprado uma cristaleira e a naja ficou furiosa.
-Gastando dinheiro á toa, já que eu tava oferecendo o móvel de graça. Agora não sei o que vou fazer com aquela cristaleira lá em casa.
(SUGESTÃO: ENFIA NO C... COMODO VAZIO LÁ ATRÁS!)
Então, eis que chegam meus moveis e a naja mais uma vez oferece sua pitada de veneno:
- Ah, mas a que eu te dei é bem melhor, se quiser posso trocar com você nessa ai que você comprou.

Acho que fui pro inferno e não percebi, porque pra conviver com um gabiroto desse, só estando lá mesmo!

Template by:

Free Blog Templates